10 melhores Livros sobre antropologia

Olhe  dez ótimos Livros sobre antropologia

SaleLivro N. 1
Manual de antropologia filosófica: Os conceitos mais importantes de Homero a Sartre
  • Wolfgang Pleger
  • Publisher: Editora Vozes
  • Capa comum: 440 pages
SaleLivro N. 2
Aprender Antropologia
  • François Laplantine
  • Publisher: Brasiliense
  • Edition no. 1 (01/01/2009)
  • Capa comum: 206 pages
Livro N. 4
Violência e cultura no Brasil
  • Ruben George Oliven
  • SciELO - Centro Edelstein
  • eBook Kindle
  • Português
SaleLivro N. 5
Alimentaçao Sociedade E Cultura
  • Jesus Contreras, Mabel Gracia
  • Publisher: Fiocruz
  • Capa comum: 500 pages
SaleLivro N. 6
Antropologia: Uma Introdução
  • Marina de Andrade Marconi, Zelia Maria Neves Presotto
  • Publisher: Atlas
  • Edition no. 7 (09/30/2008)
  • Capa comum: 360 pages
Livro N. 7
Sapiens: Uma breve história da humanidade
  • Yuval Noah Harari
  • L&PM Editores
  • eBook Kindle
  • Edition no. 1 (03/20/2015)
  • Português
Livro N. 8
Antropologia da comunicação de massa (Paradigmas da Comunicação)
  • Isabel Travancas, Silvia Garcia Nogueira
  • SciELO - EDUEPB
  • eBook Kindle
  • Português
Livro N. 9
História da riqueza no Brasil: Cinco séculos de pessoas, costumes e governos
  • Jorge Caldeira
  • Estação Brasil
  • eBook Kindle
  • Edition no. 1 (10/18/2017)
  • Português
SaleLivro N. 10
Lugar de Fala
  • Djamila Ribeiro
  • Publisher: Pólen Livros
  • Edition no. 0 (04/10/2019)
  • Livro de bolso: 128 pages

Entenda mais sobre o assunto:

A antropologia (do grego ἄνθρωπος, anthropos, “ser humano”; e λόγος, logos, “razão”, “pensamento”, “discurso”, “estudo”) é a ciência que tem como objeto o estudo sobre o ser humano e a humanidade de maneira totalizante, ou seja, abrangendo todas as suas dimensões.[1]

A divisão clássica da antropologia distingue a antropologia cultural da antropologia física (ou biológica), já a divisão norte-americana, conhecida como Four Fields (“quatro campos”), divide a antropologia em arqueologia, linguística, antropologia física e antropologia cultural.[2] Cada uma destas, em sua construção, abrigou diversas correntes de pensamento.