10 ótimos Livros sobre reforma protestante

Olhe  dez fantásticos Livros sobre reforma protestante

SaleLivro N. 1
A reforma protestante: História, teologia e desafios
  • Publisher: Hagnos
  • Edition no. 1 (08/24/2017)
  • Capa comum: 112 pages
SaleLivro N. 3
História da reforma: Um dos acontecimentos mais importantes da história do cristianismo em uma narrativa clara e envolvente
  • Carter Lindberg
  • Publisher: Thomas Nelson Brasil
  • Edition no. 1 (03/15/2017)
  • Capa dura: 528 pages
SaleLivro N. 4
Para Entender a Reforma Protestante
  • Felipe Aquino
  • Publisher: Cleofas
  • Edition no. 1 (01/01/2016)
  • Capa comum: 192 pages
Livro N. 5
A Reforma Protestante: Edição Ampliada Comemorativa aos 500 Anos da Reforma Protestante
  • Abraão de Almeida
  • CPAD
  • eBook Kindle
  • Edition no. 2 (11/27/2017)
  • Português
Livro N. 6
Por que a Reforma ainda é importante?
  • Michael Reeves , Tim Chester
  • Editora FIEL
  • eBook Kindle
  • Português
SaleLivro N. 7
As 95 Teses e a Essência da Igreja
  • Martinho Lutero
  • Publisher: Vida
  • Edition no. 1 (09/01/2016)
  • Capa comum: 160 pages
SaleLivro N. 8
João Calvino. Uma Coletânea de Escritos - Série Clássicos da Reforma
  • João Calvino
  • Publisher: Vida Nova
  • Edition no. 1 (06/20/2017)
  • Capa comum: 320 pages
SaleLivro N. 10
A ética protestante e o espírito do capitalismo: 49
  • Max Weber
  • Publisher: Martin Claret
  • Edition no. 1 (07/22/2013)
  • Capa comum: 301 pages

Entenda mais sobre o assunto:

Reforma Protestante foi um movimento reformista cristão do século XVI liderado por Martinho Lutero, simbolizado pela publicação de suas 95 Teses em 31 de outubro de 1517[1][2] na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg. Tendo por ponto de partida as críticas às vendas de indulgências, o movimento de Lutero tornou-se conhecido como um protesto contra os abusos do clero, evoluindo para uma proposta de reforma no catolicismo romano a partir da mudança em diversos pontos da doutrina da Igreja Católica Romana, com base no que Lutero entendia como um retorno às escrituras sagradas[3]. Os princípios fundamentais extraídos da Reforma Protestante são conhecidos como os Cinco Solas.[4]

Lutero foi apoiado por vários religiosos e governantes europeus provocando uma revolução religiosa, iniciada no Sacro Império, estendendo-se pela Suíça, França, Países Baixos, Inglaterra, Escandinávia e algumas partes do Leste europeu, principalmente os Países Bálticos e a Hungria. A resposta da Igreja Católica Romana foi o movimento conhecido como Contrarreforma ou Reforma Católica, iniciada no Concílio de Trento.